Notícia

TRT RJ

Concurso TRT-RJ: maioria será lotada na capital e na Região Metropolitana

TRT RJ

A maior parte dos selecionados no concurso TRT-RJ 2017, para técnicos (médio e médio/técnico; R$7.260,41 ou R$8.308,17) e analistas judiciários (superior; R$11.35,90 ou R$13.064,99), será lotada na capital fluminense e na Região Metropolitana, sobretudo na Baixada, mais um atrativo da aguardada seleção do Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro (TRT-RJ), que já é preparada. 

 
A informação partiu da diretora de Gestão de Pessoas do TRT-RJ, Sônia Regina Freitas Andrade. Segundo ela, a escolha da lotação fica à cargo do tribunal, mas o objetivo do setor de Gestão de Pessoas sempre é conciliar desejos da Administração e do servidor. "A maior demanda está na capital, com 82 varas, e na Região Metropolitana, principalmente na Baixada Fluminense. Cidades como São Gonçalo, Nova Iguaçu e Duque de Caxias têm grandes demandas e necessidades. Tentamos sempre ver o melhor lado do servidor nessa escolha. Tanto é que damos uma ficha a todos e perguntamos os locais de preferência. É lógico que o interesse da Administração vem em primeiro lugar, mas tentamos sempre conciliar", esclareceu.
 
O edital e as provas do aguardado concurso do TRT-RJ estão programados para o próximo semestre. É com essa previsão que trabalha a comissão responsável pela seleção, presidida pelo desembargador Cesar Marques Carvalho. O grupo já se reuniu, discutindo termos da minuta do edital e confirmando as previsões mencionadas. Essa minuta do edital é o primeiro passo do tribunal rumo à escolha da organizadora. Esse documento, com as principais informações sobre a seleção, será encaminhado às instituições interessadas em organizar o certame. É tendo por base essa minuta que as organizadoras elaboram as propostas de preço para executar o concurso. 
 
O concurso do TRT-RJ contará com cerca de 50 vagas (30 para técnico administrativo), quantitativo passado por Sônia Andrade e que ainda será fechado pela comissão. A seleção visará também à formação de cadastro de reserva, para ser utilizado durante o prazo de validade, de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período. Os destaques do concurso são o técnico da área administrativa, de nível médio e com ganhos de R$7.260,41, e o analista, também administrativo, para graduados em qualquer área e remuneração de R$11.35,90. 
 

Organizadora até junho

 

O grupo de trabalho ainda vai elaborar um cronograma de atividades, mas é muito provável que a escolha da organizadora aconteça até junho e que a minuta do edital fique pronta já no próximo mês. Como o TRT-RJ quer aplicar provas este ano e dezembro não é um mês comum para isso, tendo em vista as festas de fim de ano, o mais provável é que os exames ocorram até novembro. Para isso ser possível, porém, o edital precisa sair em agosto ou setembro, o que deve se confirmar.

 
A estrutura do concurso do TRT-RJ já está previamente definida, conforme disse a diretora de Gestão de Pessoas, Sônia Andrade. Segundo ela, os candidatos deverão ser avaliados por meio de prova objetiva e redação, no mesmo dia, exceto o técnico em segurança, que fará exames objetivo e físico, sendo o último em dia posterior. 
 
Tendo por base o último concurso do TRT-RJ, em 2012, serão 60 questões objetivas, sendo dez de Conhecimentos Gerais (dez de Português, cinco de Matemática e Raciocínio Lógico e cinco de Informática), com peso um, e 40 de Conhecimentos Específicos, com peso 3. Para técnico, de nível médio, as matérias específicas foram Noções de Direito Constitucional, de Direito Administrativo, de Direito do Trabalho e de Direito Processual de Trabalho.
 
Para analista da área Administrativa as específicas foram Direito Constitucional, Direito Administrativo, Noções de Administração Pública, Direito do Trabalho, Direito Processual do Trabalho, Direito Civil e Direito Processual Civil. Já a redação foi do tipo dissertativa, tendo de 20 a 30 linhas. Essa prova valia 100 pontos, e foi aprovado quem conseguiu 50.
 
Fonte: Folha Dirigida