Notícia

TRF RJ/ES

Concurso do TRF-RJ/ES: saiu resultado final da objetiva

TRF RJ/ES

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-RJ/ES) divulgou o aguardado resultado final da prova objetiva do concurso TRF-RJ/ES 2016, para técnicos e analistas judiciários. Foram liberadas as notas de Conhecimentos Gerais, Conhecimentos Específicos e total da avaliação, bem como a classificação dos candidatos e a convocação para as demais fases. Os concorrentes também podem ver as decisões dos recursos interpostos contra o resultado preliminar da prova objetiva. Será aprovado quem conseguir 60% dos pontos, considerando as duas partes dos exames, aplicados nos dias 5 e 12 de março. 

 

Entre as demais etapas estão as correções das redações (serão corrigidas dissertações de 1.650 candidatos a técnico sem especialidade, sendo 1.350 do Rio e 300 do Espírito Santo, e de 180 candidatos a analista da área Administrativa, sendo 150 no Rio e 30 no Espírito Santo) e dos estudos de caso (serão corrigidos 330 estudos de caso dos oficiais de justiça, sendo 300 no Rio e 30 no Espírito Santo, e 950 dos analistas da área Judiciária, sendo 800 no Rio e 150 no Espírito Santo).
 
Essas correções deverão acontecer na primeira quinzena de maio. Para esses, não haverá outras etapas. Na redação, estarão aptos os candidatos que conseguirem 18 dos 30 pontos (técnico) ou 12 dos 20 (analista). No estudo de caso, estará apto quem conseguir pelo menos 18 pontos, considerando as três questões propostas. No caso dos 20 aprovados na objetiva para técnico em Telecomunicações e Eletricidade, haverá ainda prova prática.
 
Para técnicos em Segurança e Transporte também haverá uma segunda etapa. Os 350 aprovados na objetiva dessa especialidade, sendo 300 no Rio e 50 no Espírito Santo, serão submetidos a prova física. Essas avaliações estão programadas para acontecerem na primeira quinzena de maio. O resultado final e a homologação deverão ficar para o próximo semestre, quando também deverão ser iniciadas as chamadas.
 
Os classificados para técnico do TRF-RJ/ES terão, a partir de junho, ganhos de R$7.320,28, e os analistas, de R$11.063,80. O regime de contratação é o estatutário (estabilidade).
 
Fonte: Folha Dirigida