Notícia

TRE RJ

TRE-RJ: possível atraso do concurso pode ser positivo para candidatos

TRE RJ

 

Os milhares de interessados no concurso TRE-RJ 2017, para técnicos (médio e médio/técnico e R$7.260,41) e analistas judiciários (superior e R$11.345,90), devem, segundo especialistas, tirar proveito do possível atraso da seleçã para intensificar os estudos. O rezoneamento dos cartórios eleitorais, determinado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), deverá atrasar o certame, fazendo com que o edital fique para o próximo semestre.

 

Especialista em concursos, Mauro Lasmar alerta que o fato de o concurso seguir em pauta, sendo uma das seleções mais aguardadas e, portanto, bastante concorrida, exige dos futuros candidatos bastante dedicação e estudo antecipado.

 

"O que o candidato precisa ter em mente é que a seleção está em pauta, sendo inevitável. Se o concurso saísse hoje, você estaria preparado? Se a resposta é não, festeje e siga estudando. Lá na frente, quando o edital for publicado, todo o esforço atual valerá a pena. Para quem ainda não começou a preparação, ainda há tempo para isso, mas é preciso começar a estudar logo", orientou.

 

Para quem já está com os estudos adiantados, Mauro Lasmar recomenda a resolução de muitos exercícios. "Se você já estuda há tempos, aproveite o possivel atraso para realizar muitos exercícios e fazer a revisão das matérias que possui mais dificuldade. Assim você chegará ainda mais fortalecido quando for fazer as provas."

 

O que está atrasando a abertura do concurso do TRE-RJ é o rezoneamento eleitoral, em discussão no tribunal fluminense. Em reunião com o diretor-geral do TSE, Maurício Caldas, sindicalistas conseguiram ampliar o prazo para o rezoneamento, que extinguirá cartórios eleitorais. Ficou acertado que o rezoneamento na capital terá início no mês de junho, com previsão de término até 30 de setembro. Tais datas já foram confirmadas até pela Presidência do TRE-RJ.

 

Já no interior, a discussão segue. Nova reunião com Maurício Caldas será agendada para definir os prazos para o rezoneamento acontecer nessa regiões. Fato é que o concurso do TRE-RJ só deverá ser aberto após esses procedimentos, ficando, portanto, para o próximo semestre. A seleção segue sendo vista como inevitável, já que o TRE-RJ está sem cadastro de reserva válido desde dezembro, impedido, portanto, de suprir vacâncias e saídas de servidores por aposentadoria.

 

Fonte: Folha Dirigida