Notícia

TRE PR

TRE-PR: novo concurso poderá ser realizado em 2017

TRE PR
É grande a expectativa para a realização de um novo concurso público para o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR). Segundo a Coordenadoria de Educação e Desenvolvimento do órgão, que está acompanhando o processo, é provável que o concurso aconteça em 2017, mas por enquanto não há previsão sobre a data de publicação do edital. Tudo que se sabe é que os recursos financeiros necessários ao concurso já foram solicitados na proposta de orçamento da União. 
 
Espera-se que o concurso ofereça vagas imediatas, além de cadastro de reserva, para os cargos de técnico e analista judiciários, que exigem os níveis médio e superior, respectivamente. Para técnico, a remuneração inicial é R$7.051,99 mensais, composta por R$2.965,38 de salário base, R$3.202,61 de Gratificação Judiciária (GAJ) e R$884 de auxílio- alimentação. Já para analistas são R$11.003,92, sendo R$4.865,35 de vencimento-básico, R$5.254,57 de Gaj e auxílio-alimentação de R$884.
 
Em relação a quantidade de vagas, a Coordenadoria de Educação informou que, embora hajam aposentadorias próximas e outras necessidades de reposição de pessoal, não é possível prever quantas oportunidades serão oferecidas. Somente após a formação da comissão é que o número de vagas e outras informações sobre o processo serão delimitados.
 

Último concurso ocorreu em 2011

 

O último concurso para o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná, organizado pela Fundação Carlos Chagas, ocorreu em 2011. Ao todo foram mais de 44 mil inscritos. Os cargos eram de analista judiciário nas áreas judiciária, administrativa, de contabilidade, apoio especializado em biblioteconomia e apoio especializado em odontologia, e técnico judiciário para as funções administrativas e de enfermagem. Na ocasião, a oferta era de 29 vagas, sendo 20 para técnicos e 9 para analistas, além de cadastro de reserva.  As jornadas de trabalho eram de 20 ou 40 horas semanais, dependendo do cargo.
 
A validade do concurso expirou em outubro de 2016, já com a prorrogação, que foi de dois anos. De acordo com o setor de  Gestão de Pessoas do TRE-PR o cadastro do concurso anterior foi aproveitado em sua plenitude, o que torna necessária a abertura de uma nova seleção. Os candidatos foram submetidos a provas objetivas de conhecimentos básicos e específicos com 60 questões para técnicos e 80 questões mais uma redação para analistas.
 
Fonte: Folha Dirigida