Notícia

TJ MG

TJ-MG: edital do concurso será publicado em breve

TJ MG

É grande a expectativa pela divulgação do edital para o concurso do Tribunal de Justiça de Minas Gerais,  que terá oferta para cargos que exigem somente o nível médio de escolaridade. Segundo a Comissão de Concursos do órgão, o documento não deve demorar a sair pois o processo já está bastante adiantado.

 

Procedimentos internos impedem a divulgação do edital. Veja!

O representante da comissão informou ainda que a expectativa é divulgar o documento o quanto antes. No entanto, um dos entraves que impedem a publicação são alguns procedimentos administrativos internos. A Consulplan, que já está definida como organizadora do concurso, iniciou na última semana o processo de revisão do edital.

 

Os cargos ofertados serão os de oficial de apoio e oficial judiciário, esse último para atuar como Comissário da Infância e da Juventude. Ambas as carreiras proporcionam remuneração de R$3.328,54, já contando o valor de R$779 do auxílio-alimentação. Os servidores contratados ainda terão direito a outros benefícios como auxílio-creche e transporte.
 
De acordo com o termo de referência que foi divulgado em 2016, a seleção deverá ser composta por duas etapas. A primeira será uma prova objetiva, que terá caráter eliminatório e classificatório, composta por 80 questões e obrigatória para todos os cargos. O exame contará com perguntas de Língua Portuguesa, Noções de Direito, Noções de Informárica e Atos de Ofício. 
 

Prova prática será a segunda etapa do concurso. Veja!

 

Já a segunda etapa será uma prova prática de digitação somente para os inscritos no cargo de oficial judiciário, que no último concurso teve caráter eliminatório. A previsão é que os exames sejam realizados em diversas cidades, incluindo a capital, como Diamantina, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros e Varginha.
 

Órgão conta com Plano de Carreira por níveis de progressão

 

O candidato que for aprovado no concurso do TJ contará com um plano de carreira que poderá elevar o salário do servidor anualmente. O critério de mudança é feito por níveis de progressão.

 
Os cargos de oficial trazem uma progressão remuneratória de carreira a partir do ingresso na Classe D. A escala é feita por níveis e inicia pelo PJ28. Após passar um ano ele tem a chance de subir mais um nível até chegar ao PJ32. A partir daí, a cada ano ele terá a chance de subir três níveis na escala.
 
A escala de progressão da Classe D termina no PJ44 e o oficial que desejar continuar a progredir na Classe C deverá prestar um concurso interno, com vagas limitadas.
 
Fonte:  Folha DIrigida